Os abrigos de passageiros são o suporte publicitário exterior mais valorizado pelos cidadãos

2 Posted by - 9 de Abril de 2015 - Brand Activation, Cemusa Tec Project, Interactivity, Mobile, News of the Day, Out of Home

Um estudo realizado pela Cemusa e pela IMOP, confirma opiniões positivas em relação à publicidade nos abrigos de passageiros.

A publicidade que é feita nestes nos abrigos de passageiros é qualificada de forma maioritariamente positiva, destacando este meio como um meio de alto impacto, que capta bastante a atenção dos cidadãos. Um recente estudo qualitativo da IMOP e da CEMUSA, mostra que os cidadãos consideram os abrigos de passageiros , um mobiliário urbano útil e apreciado pelos serviços que proporciona.

Os cidadãos vêem estes abrigos como um espaço semi-fechado, que cria uma sensação de privacidade e protecção do vento, chuva e outras intempéries. E apreciam especialmente a sua iluminação à noite como um recurso de segurança, nomeadamente em áreas de baixo tráfego.

Entre os elementos mais positivos, os cidadãos indicam que a publicidade veiculada nos abrigos entretém e preenche os tempos de espera pelo autocarro, ao mesmo tempo que fornece informações interessantes sobre eventos, estreias, produtos, entre outros. São espaços públicos e todos os dias são apreciados especialmente quando tem a função de fornecer informações úteis como espaços de lazer e cultura, localização de serviços nas proximidades, entre outros.

As campanhas mais valorizadas são as ações especiais, que contemplam decorações integrais, ou interatividades onde é possível o utilizador interagir com o seu smartphone. Os participantes do estudo referiram ainda que algumas criatividades especiais embelezam a própria cidade, com elementos decorativos.

As acções especiais/criatividades especiais que proporcionam interação com os cidadãos são melhor recebidas pelos mais jovens do que por pessoas mais adultas. Regra geral, os adultos têm algumas reservas em interagir, mesmo que seja para a fazer a leitura de um QR Code, possivelmente por timidez de para fazer algo público que não têm certeza que o vão fazer bem. É uma barreira bastante significativa que afeta alguns cidadãos, mas que gradualmente deverá ser superada com ações interessantes e motivadoras para a participação deste tipo de consumidores. “Hoje, aqueles que tentam e interagem são quase sempre jovens. Eles são muito mais abertos a experimentar coisas novas.” especialmente as ações que permitem “jogar” com o abrigo de passageiros, onde são instalados por exemplo ecrãs interativos.

blog - foto noticia espanha

Neste sentido, a IMOP destaca que existe um grande potencial para o crescimento sempre que as ações ofereçam algo atrativo para os consumidores como: promoções, brindes, ofertas especiais, jogos interactivos, etc. É importante que as ações tenham interações originais e engraçadas de forma a cativar o interesse das pessoas. “Não faz muito sentido, existir uma campanha com QR Code que simplesmente direciona para um site, que não faz nada e que não tem a ligação com a campanha da marca.”

O universo de consumidores envolvidos no estudo também reforçou que agradecem o facto, das ações especiais ajudarem o tempo a passar enquanto esperam pelo autocarro, mas que não querem que isso os faça distrair e perder o autocarro. O tempo para “brincar” ou interagir com uma marca num abrigo interativo deverá ser bem cálculo, e são elogiadas as ações com um aplicativo ou jogo onde pode ser feito o download para o Smartphone, possibilitando assim continuar a interação mesmo depois de entrar o autocarro.

O estudo da IMOP foi realizado em reuniões de grupo, com pessoas de diferentes idades, sexo e classe social, e foi fornecida uma vasta informação não só sobre a perceção atual dos abrigos de passageiros como dos suportes de publicidade, mas também das possibilidades que se abrem cada vez mais com ações interativas no sentido da utilização de smartphones, ecrãs interativos, etc.